Ano 41 - Nº 12608
.....Capa Virtual
Artigos
AgroBusiness
Alta Mogiana
Contato
Diário 41 Anos
Editorial
Entrevista de Domingo
Esporte
Eventos By Night
Expediente
Franca 189 Anos
Francal 2014
Histórico
Local
Policia
Politica
Região
Social
Tema do Dia
Utilidade Pública
.....Pesquisar
.
.
.....Newsletter
Cadastre-se para receber nossas
notícias
.
.....Assine
.
.
.
 
.
Polícia
Gerar PDFImprimirEnviar por e-mail
.

Autores de quatro dos nove casos de mortes violentas este ano em Franca ainda estão soltos

Cidade registrou nove mortes, entre elas dois latrocínios, policia busca localizar autores

Da Redação/DF

27/07/2014 -

A Polícia Civil de Franca através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), continua a procura de autores de crimes que ainda estão a solta depois de cometerem homicídios e latrocínios. No total de nove mortes violentas na cidade, quatro casos ainda continuam sem solução. Este ano na cidade, a polícia registrou sete casos de homicídios e dois latrocínios, onde as vítimas foram assassinadas e tiveram objetos roubados.
Dos casos que ainda estão sendo trabalhados pela polícia, está a morte do pedreiro Roberto Antonio Rosa de 43 anos, que foi carbonizado nos fundos da Vila São Sebastião e a morte de Antonio Facioli de 27 anos, no mesmo bairro. Os dois crimes foram registrados no mês de julho.
Crimes violentos registrados no inicio deste ano em Franca também continuam sem solução, é o caso da morte de um homem de 35 anos que estava na porta de um bar na zona sul. Lindomar Castro Couto foi morto a tiros. Desde o dia do crime, os investigadores da delegacia especializada estão empenhados em solucionar o caso e continuam a procura de suspeitos.
Das nove mortes registradas na cidade, cinco casos foram esclarecidos, sendo que alguns autores ainda continuam em liberdade e procurados. Como os autores do latrocínio contra o entregador de pizzas, Pedro de Jesus da Silva de 52 anos, morto em sua casa no bairro São José em maio e dos assassinos de Danilo Rodrigues Pimenta de 20 anos na zona sul.
Segundo a Polícia Civil as investigações dos casos continua e os criminosos identificados já estão com mandados de prisão expedidos pela justiça. A respeito dos casos ainda sem solução, a polícia afirma que depoimentos ainda estão sendo ouvidos e até sigilos telefônicos estão sendo quebrados para auxiliar na identificação dos assassinos.
Para os policiais que trabalham nos casos, a identificação dos criminosos e elucidação dos casos é questão de tempo.


Mortes em Franca no ano de 2014.

Homicídios
Lindomar Castro Couto, fevereiro – (ainda sem solução)
Pamela Suellen, fevereiro – esclarecido (autores presos)
Ana Cecilia Macedo, março – esclarecido (autora presa)
Danilo Rodrigues Pimenta, junho (ainda sem solução)
Roberto Antonio Rosa, julho (ainda sem solução)
Antonio Facioli (ainda sem solução)
Diego Lucas Faleiros, julho, esclarecido (autor preso)

Latrocinios
Rooselvelt Mendonça Ribeiro – esclarecido (autores presos)
Pedro de Jesus da Silva, maio – esclarecido (autores identificados mas ainda foragidos)

.

Leia mais na edição impressa do

Jornal Diário da Franca.   

 
......Mais Noticias
 
 
.Publicidade.
.© Copyright 2007 Diário da Franca - Todos os direitos reservados .