Ano 41 - Nº 12685
.....Capa Virtual
Artigos
AgroBusiness
Alta Mogiana
Contato
Diário 41 Anos
Editorial
Entrevista de Domingo
Esporte
Eventos By Night
Expediente
Franca 189 Anos
Francal 2014
Histórico
Local
Policia
Politica
Região
Social
Tema do Dia
Utilidade Pública
.....Pesquisar
.
.
.....Newsletter
Cadastre-se para receber nossas
notícias
.
.....Assine
.
.
.
 
.
Polícia
Gerar PDFImprimirEnviar por e-mail
.

Polícia identifica homem que matou morador de rua

Crime aconteceu na tarde de quinta-feira e a motivação foi uma discussão entre andarilhos que mexeram com uma mulher

Da Redação/DF

25/10/2014 -

A Polícia identificou o autor do homicídio registrado no final da tarde de quinta-feira em uma praça na Vila Duque de Caxias. A vítima, Douglas Francisco Rodrigues de 31 anos foi morto com um golpe de faca.
Pelo apurado pela Polícia Civil através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a motivação do crime foi uma discussão entre moradores de rua que frequentam a praça. Na tarde de quinta-feira, Douglas estava em companhia de outros andarilhos e juntos, eles faziam um churrasco na praça.
Durante a conversa, o indivíduo ENS, também morador de rua teria se engraçado com uma mulher que estava no local. Douglas Francisco se mostrou irritado, pois segundo a polícia, o marido da mulher é amigo de Douglas e esta preso.
Ao pedir para ENS parar de mexer com a mulher do amigo, o rapaz se irritou, pegou uma faca e desferiu o golpe fatal contra Douglas. A confirmação da participação de ENS no crime veio através do depoimento de testemunhas que presenciaram a discussão.
Outros suspeitos
Segundo os policiais da DIG, a possível participação de outras pessoas no crime não esta descartada. Pelo apurado, um outro andarilho teria segurado Douglas, para que ENS cometesse o crime.
As investigações sobre o caso continuam e a polícia busca localizar o autor do crime.

DIG esclarece tentativa de homicídio
A Polícia Civil através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), identificou o autor de uma tentativa de homicídio praticado no último final de semana na Vila Exposição. A vítima, a dona de casa AMS de 26 anos estava dormindo quando sua casa foi invadida.
A mulher foi arrastada até a sala da residência, local onde o agressor, armado com um revólver efetuou disparos que atingiram o tórax e a nuca da vítima. A dona de casa foi socorrida e internada na Santa Casa, a mulher se recuperou dos ferimentos e prestou depoimento na sede da DIG.
Desde a comunicação da tentativa de homicídio, investigadores da delegacia especializada passaram a trabalhar no caso e chegaram a confirmação de que o autor dos disparos teria sido um ex- namorado da vítima.
Em depoimento na delegacia, a dona de casa afirmou que havia sido JPO de 36 anos, com quem manteve um relacionamento amoroso. Antes que tivesse sua prisão decretada, o rapaz decidiu se apresentar à polícia. Na tarde de ontem, acompanhado de um advogado, JPO compareceu na DIG e deu sua versão dos fatos.
Em conversa com os investigadores, o homem afirmou que tomou a decisão em um momento de fúria. Segundo ele, a dona de casa, com quem manteve um relacionamento extraconjugal teria ameaçado contar a sua esposa o que acontecia entre os dois.
Com medo de ser desmoralizado perante a esposa, JPO decidiu por fim a vida da mulher que o ameaçava. Durante o depoimento, o rapaz que mora no Parque do Horto contou aos policiais onde estaria a arma utilizada na tentativa de homicídio.
O revólver calibre 32 foi encontrado próximo a casa do rapaz. Após ser formalmente indiciado no crime de tentativa de homicídio, JPO foi colocado em liberdade, ele responderá a processo e poderá ser preso dependendo do entendimento da justiça.

.

Leia mais na edição impressa do

Jornal Diário da Franca.   

 
......Mais Noticias
 
 
.Publicidade.
.© Copyright 2007 Diário da Franca - Todos os direitos reservados .