Ladrões roubam R$ 100 mil de joalheria e acabam presos

Policiais Militares prenderam assaltantes em menos de 30 minutos depois de ação realizada no interior do Franca Shopping

169

 

 

carro

 

 

 

 

 

 

Uma ação rápida da Polícia Militar prendeu no inicio da tarde de ontem três assaltantes que invadiram uma joalheria no Franca Shopping. Os bandidos renderam funcionários e vigias e levaram R$ 100 mil em joias. Um total de 45 relógios foram levados e na fuga, o trio acabou preso na Rodovia Cândido Portinari, próximo ao pedágio de Restinga.

 

Segundo a polícia, os bandidos entraram na loja e anunciaram o assalto. Câmeras de segurança do shopping registraram a ação e a equipe de monitoramento ao ver o momento em que os assaltantes iniciaram a fuga pelos corredores do centro de compras, acionaram a Polícia Militar.

 

Os criminosos utilizaram dois carros na fuga, um deles, que havia sido furtado na cidade de São Paulo neste mês foi abandonado próximo a um condomínio de apartamentos. Em revista ao interior do veículo, os policiais encontraram um revólver.

 

O segundo carro com os bandidos foi visto tomando sentido a Rodovia Cândido Portinari. Viaturas da Polícia Militar e Polícia Rodoviária foram mobilizadas e o carro foi visto próximo a praça de pedágio de Restinga. Houve um cerco e dois assaltantes acabaram presos, um terceiro bandido tentou fugir através de uma mata e acabou também detido.

 

No interior do carro, estavam os relógios roubados da joalheria. Na fuga, o terceiro assaltante foi baleado e teve que ser socorrido a Santa Casa de Franca. Dois homens de 20 e 36 anos foram presos em flagrante, além de um menor de 17 anos.

 

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e depois de indiciados, o trio foi recolhido a cadeia.

 

A direção do Franca Shopping divulgou uma nota, onde cita o roubo e a imediata ação da Polícia Militar em localizar os bandidos. Na nota, a direção do shopping afirma que esta colaborando com as autoridades na investigação e que o centro de compras não teve o atendimento ao público paralisado.