DIG esclarece homicídio em sitio no Paiolzinho

674

homi

 

 

 

 

 

 

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceram um crime de homicídio que foi praticado na zona rural de Franca na semana passada. Carlos Eduardo Marchetti Damasceno, de 26 anos, foi morto a tiros e o corpo encontrado em uma mata na região do Paiolzinho, entre Franca e Claraval.

O caseiro de um sítrio, compareceu na Delegacia de Invstigações Gerais (DIG), e acompanhado de um advogado relatou que foi ele que efetuou disparos que atingiram o rapaz, que segundo informações estaria prestes a invadir a propriedade rural. O crime aconteceu no final da noite de quinta-feira, dia 5 de outubro.

O caseiro teria efetuado o disparo, após ouvir barulhos na parte externa de sua casa e como já foi roubado várias vezes, decidiu atirar, com a intenção de afugentar os invasores.

O tiro atingiu o peito de Carlos Eduardo, que morreu ainda no local. Um comparsa dele que o acompanhava e não foi atingido, voltou para Franca e disse a família que Carlos ele havia sido baleado e estaria no meio do mato.

Ainda na noite de quinta, foi realizada uma busca no local, mas o rapaz não foi encontrado. O corpo de Carlos Eduardo foi localizado na manhã seguinte.

O caseiro responderá a inquérito policial e deverá ser novamente chamado a prestar depoimentos.