Basquete

Troca com Cavaliers é confirmada e Kyrie Irving jogará no Celtics

182
Mar 15, 2015; Orlando, FL, USA; Cleveland Cavaliers guard Kyrie Irving (2) drives to the basket against the Orlando Magic during the first quarter at Amway Center. Mandatory Credit: Kim Klement-USA TODAY Sports
Mar 15, 2015; Orlando, FL, USA; Cleveland Cavaliers guard Kyrie Irving (2) drives to the basket against the Orlando Magic during the first quarter at Amway Center. Mandatory Credit: Kim Klement-USA TODAY Sports

 

 

 

   

Depois de um impasse que chegou a ameaçar a troca, a negociação entre Boston Celtics e Cleveland Cavaliers por Kyrie Irving finalmente foi concretizada nesta quinta-feira pela manhã O armador teve seu desejo atendido e deixará o Cavaliers para atuar no time de Boston a partir da temporada 2017/2018 da NBA.
À sombra de LeBron James, principal estrela do Cavaliers, e sem o mesmo protagonismo de quando chegou à NBA como primeira escolha do Draft de 2011, Irving pediu para ser trocado pelo time de Cleveland. Depois de muitos rumores, há pouco mais de uma semana a franquia confirmou a negociação com o Celtics, pela qual receberia o também armador Isaiah Thomas, o ala Jae Crowder, o pivô Ante Zizic e uma escolha de primeira rodada do Draft de 2018, que pertencia originalmente ao Brooklyn Nets.
O problema é que Thomas vem sofrendo já há algum tempo com uma lesão no quadril e chegou a jogar parte da última temporada pelo Celtics no sacrifício. Com o problema diagnosticado nos exames médicos iniciais em Cleveland, o Cavaliers decidiu suspender a troca, que passou a ficar ameaçada.
Nos últimos dias, o próprio Thomas minimizou o problema, disse que não estava “danificado” e garantiu que se recuperaria em breve da lesão para voltar a atuar normalmente. O próprio jogador, no entanto, admitiu que “talvez não esteja de volta tão cedo nesta temporada quanto todo mundo quer”.
Diante da provável impossibilidade de contar com Thomas no início da temporada e sem saber ao certo como o jogador voltará, o Cavaliers exigiu algo a mais para finalizar a troca. E o Celtics cedeu. Por isso, além do “pacote” previamente definido, enviará ao rival de Cleveland uma outra escolha de Draft, de 2020, esta de segunda rodada e pertencente inicialmente ao Miami Heat.
Com a troca, o Cavaliers conseguiu abrir mão de um jogador insatisfeito sem perder o status de um dos favoritos ao título da próxima temporada. Afinal, conseguiu um armador com ótimo jogo ofensivo, Isaiah Thomas, e um ala com grande poder de marcação, Jae Crowder. Além disso, obteve uma escolha que deverá ser uma das primeiras do Draft do ano que vem, quando LeBron ficará sem contrato e poderá deixar a franquia.