Problemas ambientais

252

 

A questão ambiental merece sempre ter uma atenção especial. Nesse sentido, a dissertação de mestrado da professora Marina Kolland Dantas, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade do campus da USP de Ribeirão Preto sobre investimentos em gestão ambiental e saneamento dos municípios do Estado de São Paulo, revela uma grande disparidade entre cidades de uma mesma região, às vezes vizinhas. Há municípios em que esse tipo de investimento está entre os maiores do Estado, enquanto que em outros, a poucos quilômetros de distância, ele praticamente não existe, embora os problemas sejam bastante semelhantes.

O problema, em questões ambientais, é que nenhum município vive isolado, como uma ilha, sem afetar os vizinhos com suas ações. Muitas vezes, pesados investimentos em despoluição de um curso d”água feitos por uma cidade praticamente são anulados se seu vizinho não fizer o mesmo. Nossa região tem várias situações semelhantes. É o caso por exemplo, da despoluição de rios que alguns municípios investiram pesadamente, enquanto que outros, praticamente nada fizeram e continuam jogando esgoto sem tratamento nos córregos que chegam até o rio.

Outra situação que precisa ser resolvida com urgência é a qualidade da água de algumas represas. Para recuperar a qualidade da água é preciso um trabalho conjunto e fiscalização rígida por parte dos órgãos de vigilância ambiental, para que rios parem de receber esgoto e poluentes diversos, inclusive agrotóxicos. Outra área importante e que só o trabalho conjunto de vários municípios poderá resolver é a questão dos aterros sanitários. Seria importante a união de vários municípios para a criação de aterros sanitários comuns, obedecendo todas as normas técnicas previstas. Hoje, várias cidades têm dificuldades em encontrar áreas para os aterros em seus territórios. Um consórcio regional, bem gerido, poderia localizar locais apropriados para os aterros que serão utilizados no futuro ou outro tipo de solução ecologicamente responsável para o lixo doméstico.