Rifaina e Brodowski terão verba para o turismo

Os dois municípios foram incluídos em projeto de autoria coletiva apresentado na Assembleia

564

rifaina

O projeto de lei 258/2017, de autoria coletiva de 93 deputados estaduais, entre eles Roberto Engler (PSDB), pretende classificar Brodowski e Rifaina como municípios de interesse turístico. O projeto foi publicado no Diário Oficial da última quinta-feira, 4, e inicia a tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo nesta semana.

Além de Brodowski e Rifaina, outros municípios que contariam com a classificação são Buritama, Espírito Santo do Pinhal, Jundiaí, Martinópolis, Monte Alto, Pedreira, Piedade, Rubinéia, Sabino, Santa Isabel, Tapiraí e Tatuí. Os municípios de interesse turístico recebem verbas do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos, administrado pelo DADE (Departamento de Apoio as Estâncias). Essas verbas têm de ser utilizadas em realizações que fomentem o turismo.

Há alguns anos, o deputado Roberto Engler já apresentou projetos de lei que transformavam Brodowski e Rifaina em estâncias turísticas, conforme determinava a classificação a época. Foram três propostas beneficiando Rifaina, nos anos de 1993, 1999 e 2003 e outras três, Brodowski, em 1996, 1999 e 2005. Todas elas acabaram arquivadas.

“Dessa vez um ampla iniciativa coletiva como essa reforça ainda mais o projeto de lei e, é claro, aumenta as chances de sua aprovação na Casa. Em conjunto com os demais colegas, vamos trabalhar para que a tramitação seja rápida e com um final positivo”, disse o deputado Roberto Engler.

“Sabemos do esforço que os municípios fazem para terem seu potencial turístico reconhecido. Conheço, especialmente os casos de Rifaina, com seu potencial natural, e de Brodowski, com seu aspecto cultural. O projeto de lei pode colaborar para aprofundar as atrações dessas cidade e beneficiar não apenas elas, mas toda a nossa região”, ressaltou Roberto Engler.