Marca do artilheiro

Cristiano Ronaldo chega aos 100 gols e Real derrota o Bayern em Munique

325

 

cristiano

Questionado por não viver um bom momento na carreira, Cristiano Ronaldo respondeu dentro de campo. Ele fez os dois gols da vitória do Real Madrid sobre o Bayern de Munique por 2 a 1, nesta quarta (12), em Munique. A partida valia pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.
Com isso, o atacante português chegou aos 100 anotados na competição.
Os alemães tiveram problemas antes mesmo do apito inicial. O artilheiro Robert Lewandowski foi vetado minutos antes do jogo. Acabou substituído por Thomas Muller.
Apesar do desfalque, o Bayern começou melhor e pressionando. A não ser por cabeçada de Benzema, o time espanhol pouco criava. O chileno Arturo Vidal abriu o placar após cobrança de escanteio, aos 25 minutos. Ele foi o herói para fazer o primeiro gol dos alemães. Mas depois se transformaria em vilão.
Antes do intervalo, teve duas grandes chances para ampliar o placar. A segunda foi em cobrança de pênalti inexistente, após o árbitro decidir que Dani Carvajal havia desviado a bola com o braço dentro da área. Vidal chutou a bola na arquibancada. Não passou nem perto do travessão.
O erro animou o Real Madrid, que começou melhor o segundo tempo. Aos dois minutos, aconteceu o empate graças a Cristiano Ronaldo. Ele acertou voleio depois de cruzamento de Carvajal e encerrou jejum de 659 minutos na Liga do Campeões sem fazer gol.
Foi também o português o responsável por deixar o Bayern com dez jogadores. Ele sofreu falta no meio-campo e, por causa dela, o volante Javi Martinez foi expulso.
A partir dali, o jogo era todo do Real Madrid, que poderia ter feito mais gols, não fossem as defesas de Manuel Neuer. Mas o goleiro nada conseguiu fazer quando Ronaldo se antecipou à zaga e desviou para o gol com a ponta da chuteira, aos 32 minutos. Sergio Ramos ainda fez o terceiro, mas foi anulado por impedimento.
No jogo de volta, em Madri, o Real poderá até perder por 1 a 0 que se classificará. Se for superado por 2 a 1, o confronto vai para a prorrogação. O Bayern terá de ganhar por dois ou mais gols de diferença. A vantagem mínima até serve, desde que seja a partir de 3 a 2.